h1

Dieta adequada diminui o risco para o câncer de próstata

11 de agosto de 2014

 Tomate, cenoura e frutas vermelhas podem ser importantes aliados na prevenção da doença

dieta e câncer de próstata

Sabe-se que o câncer de próstata é multifatorial e acomete principalmente homens acima dos 50 anos. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de tumor é o mais incidente no universo masculino e ocasionou 13 mil óbitos em 2012 no país. Com o passar dos anos, a preocupação pode aumentar, mas a prevenção deve começar bem cedo através de uma alimentação equilibrada.

Segundo a Nutricionista da CliniOnco, Cristiane Bueno, existem alimentos que podem proteger a próstata. “O licopeno, que dá a cor vermelha ao tomate, à melancia e à goiaba e pigmenta a cenoura, o mamão e outros alimentos, é um potente antioxidante que auxilia a retardar o envelhecimento das células. Além disso, ele neutraliza os radicais livres e ainda estimula a ação do sistema imunológico. A atividade do licopeno que mais merece destaque é a capacidade de reduzir praticamente pela metade os casos de câncer de próstata”, destaca.

Fazer uma dieta seletiva é fundamental para manter a saúde do aparelho reprodutor em dia. “A melhor parte disso é que existem opções muito saborosas, disponíveis no dia a dia, indicadas para prevenir o câncer na próstata, por exemplo, pessoas que comem pelo menos duas porções de molho de tomate por semana reduzem em até um terço o risco de desenvolver a doença”, ressalta Cristiane.

Além dos alimentos protetores, a nutricionista oncológica afirma que é necessário o consumo de pelo menos cinco porções diárias de frutas, verduras e legumes na proporção da palma de uma mão. Além da inclusão dos alimentos que podem prevenir o aparecimento do câncer de próstata, é interessante que os homens evitem o consumo elevado de carnes vermelhas muito gordurosas e de laticínios em excesso. “Alguns estudos demonstraram uma correlação entre as gorduras e o câncer de próstata. Recomendo evitar o consumo das carnes processadas ou embutidos como presunto, bacon e salsichas, pois eles contêm um alto teor de sal e de nitrato, que aumentam o risco do câncer de forma geral, em homens e em mulheres”, alerta.

Cuidados com a alimentação são fundamentais. Exagerar no consumo de gordura animal, de frituras e pimenta é prejudicial para a próstata, principalmente quando a glândula já está com o tamanho alterado. A dieta adequada junto à prática de atividades físicas, no entanto, não minimiza a importância do acompanhamento regular com um médico urologista a partir dos 45 anos.

Outras dicas:

– Cada 100 g de tomate maduro podem fornecer de 3,1 a 7,7 mg de licopeno. O nutriente é melhor absorvido após ter passado por aquecimento, como acontece no preparo do molho de tomate;

– Consumir o tomate com um pouco de gordura boa também é fundamental para o processo, sendo recomendado temperar uma salada de tomates com azeite extra virgem, por exemplo;

– Na hora de temperar as carnes, escolha temperos naturais, como alho, cebola e salsinha, além do azeite de oliva extra virgem;

– Prefira preparar as carnes assadas ou grelhadas sem utilizar o carvão;

– Está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura (principalmente as de origem animal) ajuda a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: