h1

Infecções podem causar câncer no aparelho digestivo

30 de abril de 2014

cancer_estomago_rxMicrorganismos que se alojam no sistema digestivo estão na origem de diversos casos de câncer de estômago e de fígado

As infecções provocadas pelo vírus das hepatites B e C e pela bactéria estomacal H. pylori respondem por grande dos casos de câncer de fígado e de estômago. Nos homens, essas neoplasias representam mais de 80% dos casos conforme pesquisa publicada na revista médica The Lancet Oncology. O mesmo estudo revelou que cerca de 30% das ocorrências da doença causadas por infecções ocorrem em pessoas com menos de 50 anos de idade.

Caracterizadas por um quadro de invasão do organismo por vírus ou bactérias, as infecções usam os próprios meios encontrados no corpo humano para agirem. Isso traz consequências negativas para o indivíduo pela possibilidade de enfermidades provocadas por esses agentes. Normalmente, a área atingida responde com um processo inflamatório e, no caso de alguns tipos das hepatites e da Helicobacter pylori, podem evoluir para a formação de tumores.

Segundo o médico gastroenterologista da CliniOnco, Antônio Carlos Weston, a formação do câncer é  multifatorial envolvendo  herança genética e hábitos alimentares, mas pessoas com úlceras gástricas e cirrose estão mais propensas a desenvolverem câncer no aparelho digestivo. “Parte dos casos é relacionada a influências genéticas que tornam o organismo incapaz de se defender de uma ameaça. Na maioria das vezes, a doença está associada a fatores ambientais, como o tabagismo, exposição prolongada e frequente aos raios solares e a infecções como hepatite e H. Pylori.”

Weston explica que essas duas infecções podem ser assintomáticas. “Esses vírus quase não têm sintomas que possam preocupar o indivíduo, que acaba se descuidando da saúde e descobrindo a doença tardiamente, comprometendo as chances de tratamento em fase inicial.” O especialista destaca a importância de as pessoas se submeterem aos exames de controle periodicamente. “No caso da H. Pylori, estima-se que cerca de 50% dos brasileiros sejam portadores dessa bactéria. Não há como prevenir o aparecimento dela, mas com uma endoscopia gástrica é possível detectar se o indivíduo é hospedeiro da bactéria que pode ser combatida facilmente com o uso de antibióticos.”, ressalta o especialista.

 

Os tipos de hepatite

As hepatites se apresentam em três tipos: A, B e C

Hepatite A: a forma mais comum, também se apresenta em uma forma menos grave de infecção,  mesmo assim merece cuidados para evitar complicações no organismo.

Como se dá o contágio? Por via oral, principalmente água contaminada ou beijo na boca. Comer ou beber água contaminada por fezes que contenham o vírus da hepatite A (frutas, verduras, frutos do mar, gelo e água são fontes comuns do vírus da hepatite A).

Quais são os sintomas?Náuseas, vômito, diarréia, cor amarelada na pele e na parte branca dos olhos (chamada de esclera) e escurecimento da urina.

Como é o tratamento? Em 99% dos casos, ela é curada naturalmente pelo organismo em duas ou três semanas. Já existe vacina contra ela.

 

Hepatite B e C:  podem ser contraídas através de relações sexuais, agulhas contaminadas ou transfusões de sangue. Conforme o gastroenterologista, exames de sangue específicos para hepatite podem evitar o desenvolvimento de doenças graves. Os exames laboratoriais, ecografias totais de abdômen ou o alfa-fetoproteína detectam a hepatite e até o tumor de fígado. A Hepatite C é a forma mais grave da doença, com potencial de evolução para a formação de tumores no fígado

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: