h1

Combate ao Câncer: Obesidade eleva o risco de ter a doença

8 de abril de 2014
No Brasil, 40% da população está com excesso de peso

No Brasil, 40% da população está com excesso de peso

Não é novidade que a obesidade pode trazer doenças cardiovasculares, hepáticas e diabetes. Mas você sabia que o excesso de peso é um dos fatores de risco para câncer?  O câncer e a obesidade são duas das principais epidemias globais da atualidade. Quando se encontram num mesmo indivíduo, os efeitos são nocivos: a obesidade é o segundo maior fator de risco para o câncer, perdendo apenas para o tabagismo, sendo a mortalidade do câncer maior na população obesa.

A dieta desequilibrada colabora para que as substâncias dos alimentos ingeridos afetem o colesterol, o sistema imunológico e, no sistema digestivo, o ritmo intestinal pode desacelerar e criar um ambiente propício para o desenvolvimento de células cancerígenas. Um importante aliado nas dietas contra o câncer são os alimentos funcionais. “Eles se caracterizam por oferecer vários benefícios à saúde, além do valor nutritivo inerente à sua composição química, podendo desempenhar um papel potencialmente benéfico na redução do risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes, dentre outras”, explica a nutricionista da CliniOnco, especialista em Nutrição em Oncologia, Cristiane Bueno.

A ingestão acentuada de gordura pode aumentar a chance de desenvolver câncer de intestino, por exemplo, já que  o bolo fecal demora mais de ser expelido e as toxinas demoram mais tempo em contato com a parede do órgão, o que propicia o aparecimento de neoplastias. E não para por aí: segundo o Instituto do Câncer (Inca), problemas com a balança estão relacionados a 15 tipos de cânceres, incluindo regiões como endométrio, tireoide, ovário, estômago, intestino grosso, mama e esôfago.

Segundo a profissional: “qualquer tipo de obesidade é preocupante, mas aquela onde a gordura localiza-se na região abdominal é considerada a mais perigosa, devido ao acúmulo de gordura sobre os órgãos da região do abdômen, causando maior produção de hormônios inflamatórios”, explica Cristiane.  Além de contribuir para o aparecimento de doenças, a obesidade compromete a qualidade de vida. É importante ressaltar que o sobrepeso pode ser controlado com hábitos de vida saudáveis, com a prática de atividade física e alimentação equilibrada.

 Previna-se:

– Pratique exercícios físicos como caminhadas, corridas e natação regularmente;

– Coma frutas e legumes: Conforme estudo da University College of London, comer sete ou mais porções de frutas e vegetais por dia reduz o risco de morte em até 42% se comparado à ingestão de menos de uma porção diária. Ou seja, quanto mais frutas e vegetais você come, mais você vive;

– Evite frutas enlatadas (compotas): a pesquisa da University College of London informa que elas  contêm níveis elevados de açúcar, e as variedades mais baratas são embaladas em calda e xaropes em vez de suco de fruta. Os impactos negativos do açúcar sobre a saúde podem compensar quaisquer benefícios; – Fique longe do cigarro e das bebidas alcoólicas; -Reduza a ingestão de sal e açúcar; – Inclua na sua alimentação alimentos funcionais como: ácidos graxos e ômega 3 (peixes marinhos como sardinha, salmão, atum, anchova, arenque),  fibras solúveis e insolúveis (cereais integrais como aveia, centeio, cevada, farelo de trigo, leguminosas como soja, feijão, ervilha, hortaliças com talos e frutas com casca), flavonoides (soja, frutas cítricas, tomate, pimentão, alcachofra, cereja),  e licopeno (tomate e derivados, goiaba vermelha, pimentão vermelho, melancia).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: